segunda-feira, 24 de abril de 2017

Fim de semana de filha única...no Porto


Passei um fim-de-semana sozinha (sem irmã, marido, filhos, sobrinhos, cunhado...), com a minha mãe e o meu tio Graça no Porto...só mimo de “filha única”...para já soube bem!!!!! (É que normalmente qualquer reunião familiar, é quase um casamento!!!!)...

...Fomos ao Porto...ou seja, eu estava lá e fiquei...eles foram de avião a partir de Lisboa...preços cada vez mais baratos e numa hora faz-se a viagem! Fomos fazer um Mimo à minha mãe e fomos com objectivos muito específicos.

Ficámos no Crowne Plaza Porto...na Av. da Boavista e perto da Casa da Música.
Para mim, conduzir no Porto...é complicado...pelo que arrumámos o carro no Hotel e andámos sempre de táxi para todo o lado. 
E que maravilha...tenho a dizer-vos que às tantas tive a sensação de estar noutro País...os taxistas super simpáticos, prestáveis, faladores, educados...e todos iniciavam cada viagem com: “Quer ir pela marginal...? É muito bonito!” (Muito obrigada, caros taxistas, mas não...por vontade deles, tínhamos enjoado a Marginal!!!!!).

Começámos este passeio com um almoço na Marisqueira “AAntiga” em Matosinhos...fomos para lá e sentámo-nos ao engano. O nosso amigo do Porto tinha marcado noutra que já falarei.
Como já estávamos sentados, e a simpatia de quem nos estava a servir foi tanta, ao ponto de quando nos apercebemos que estávamos enganados, ter insistido para não ficarmos, que não havia problema...que não era preciso pagar o pão que já tínhamos atacado...
...Conclusão: ficámos e ainda bem!!
Marisco fresco, peixe fresco e bom vinho e boa companhia (a minha mãe, o meu tio Graça e o tal amigo que tinha marcado noutro Restaurante)!!!!!
O serviço é bom e a esplanada muito agradável!!!

Dali e porque já eram quase 17:00, descemos à marginal e apanhámos um Sightseeing Tour...não aconselho...fizemos um percurso pequeno, é certo!
Mas o preço e a informação que deram foi muito fraquinha...e o último ST é às 17:30...não se percebe...um País cheio de Sol, com temperaturas amenas à noite...deveria ser pelo menos até às 20:00H!

Saímos na Zona Histórica e fomos caminhando até à LivrariaLello. Não entrámos para visitar, fomos ao lado, onde se pode comprar livros sem visitar e ainda vi um filme sobre a livraria!

Dali, Rua de Santa Catarina, para irmos comer qualquer coisa à Majestic e na esplanada!!! Ali estivemos a beber sumo de laranja, o cheese cake delicioso, a ouvir uns artistas de Rua e a observar o movimento!







Sábado (e porque tínhamos um programa apertado, planeado pela minha mãe e com objetivos muito específicos), de manhã fomos logo rumo a Serralves
O objectivo da minha mãe era ver a exposição de Philipe Parreno. Eu o meu tio, fomos passear para os Jardins e ver a exposição de Miró.
Para já, Serralves, merece uma visita só por si...que Parque! 
Tão bonito, com uma diversidade arbórea incrível! (Fiquei com vontade de fazer um fim de semana com as crias, e dedicar um dia inteiro para andar a explorar e a brincar no Parque).
E lá fomos andando e conversando pelo Parque...acho que demos uma volta enorme para chegar à Exposição Miró...(está mal assinalada)...mas ainda bem!

Gosto muito de andar pela Fundação Miró em Barcelona e até gosto de algumas coisas dele...é um artista muito discutível...
...gostei mais uma vez de uma ou de outra coisa (algumas já conhecia)...mas Miró já me atraiu mais...
...na exposição, andei também muito atenta a um casal em que ele era cego e ela estava com um prazer imenso a explicar cada quadro...o que o quadro lhe transmitia, as cores, as formas...o senhor não tem visão, mas de certeza que conseguiu imaginar à sua forma tudo o que lhe foi transmitido!!!
...na exposição, existe um espaço onde é exibido um filme de como Miró fez este quadro, o primeiro da série em baixo...(bem!!! Só vendo!!!..).





(A minha mãe explica-nos qualquer coisa que estávamos a apreciar...para descansar!!!)

Daqui, fomos para a Marisqueira de Matosinhos, que deveríamos ter ido no dia anterior. Bom peixe, bom marisco, bom serviço, bom vinho...não tem a esplanada do anterior, mas penso que não lhe fica atrás na qualidade.

E daqui, fomos para a Casa da Música.
Para já, começo por dizer, que apesar de polémica, adoro a arquitetura desta “casa” que alberga a música no Porto e que é da autoria de um arquiteto Holandês Rem Koolhaas.
Fomos assistir a um Concerto da Orquestra Sinfónica do Porto.
Para ser sincera não gostei do tipo de música (penso que só a minha mãe a entendeu)...mas adorei a sala...despretensiosa, com uma luz e acústica incrível...agora o que quero é assistir a algo que goste e que perceba nesta sala!!!







E já de noite, e entre ir à Ribeira e irmos a Vila Nova de Gaia ver a vista para o lado do Porto...lá nos decidimos a ir comer umas torradas e um chocolate quente ao Yeatmen Hotel, na esplanada do Bar.
A vista é maravilhosa, o chocolate quente é espetacular...vale a pena...está-se muito bem!!!





E com isto, achávamos que tínhamos fechado com chave de ouro o nosso fim de semana...mas não...

...do Porto a Lisboa, no Domingo, paragem na Mealhada para comer Leitão (não aprecio), mas o do Rei dos Leitões, conseguiu com que eu o comesse...é bom, os acompanhamentos ainda melhores, as entradas são deliciosas...o serviço é excelente!!!

E pronto...rumo a Lisboa e depois a Évora...sempre acompanhada com um leitão inteiro, para o petisco de família e amigos Eborenses!!!

É bom, estar em modo filha única...e foi bom estar no Porto...que merece visitas sem fim...por tudo e ainda mais pelas gentes...






domingo, 23 de abril de 2017

Spaghetti de courgette com gambas

Hoje aventurei-me a fazer spaghetti de courgette...

...descobri que preciso de um spiralizer para o fazer...já sei o que é, qual quero e onde comprar...

...mas à falta deste utensilio...tentei fazer com o cortador de cenouras...com aqueles normalíssimos...

...não ficou bem spaguetti...grosso de mais. Retirei a casca (não pode ser) da courgette e usei pouca...

...mesmo assim, tivemos um almoço delicioso, e pelo que li, com cerca de 200 calorias (não contei as do vinho que bebemos).

Cozi gambas grandes. Depois deixei o Spaguetti ferver na água das gambas.
Fiz um refugado com as gambas, alho e o Spaguetti.

Mais um passo! Uma aprendizagem...andava um pouco preocupada, porque adoro Spaguettis...com tomate, gambas, cogumelos, mexilhão ao vapor....

Retirei esta foto da internet para ilustrar o aspecto deste Spaguetti saudável e que não engorda!!! Parece que quando o meu spiralizer chegar...estou safa...
É preciso agora a horta do sogrinho, dar courgettes aos quilos!!!!




Licenciado em armas

"Mãe, tenho de ter uma conversa contigo: ontem vi um filme e já sei o que quero da minha vida!"

"Ai, é? Conta lá, filho"

" Olha mãe, quero ser licenciado em armas, vou tirar a licenciatura em todas as categorias e depois vou abrir uma loja...não te preocupes, que não vou ser ilegal...vou ser licenciado...e depois, se calhar até vou vender ao exército português! O que achas, mãe? Onde tiro o curso de armas? Não achas boa ideia? Olha, a minha cabeça está cheia de ideias...agora pensei que também podia ter armas de aircroft!"

"...mmm, não sei, filho!" (depois expliquei a diferença entre licenciatura e ter uma licença para vender armas)

"Olha, mãe, não te preocupes, não vou ser ilegal...agora tenho é de pesquisar muito...acho que tenho de saber como importar as armas para Portugal"

"(????????!!!!!!!!!!!!!!!)!

MT- 10 anos

Cão de guarda

"Filha, nunca ouviste dizer: quem tem medo compra um cão?!"

"Ai é? Então compra-me um cão de guarda"

"Não, filha, já tens uma gata de guarda!"

"Sim, sim, uma Gata de Fuga!"

M- 8 anos

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Nós pelos caminhos de França...Paris

Começar por dizer que um Fim de Semana em Paris... é pouco tempo, há tanto para ver e viver que é daquelas Cidades que obriga a várias visitas.

Continuar por avisar que é uma Cidade muito cara...Refeições, Transportes, Museus, Entradas em Monumentos...tudo caríssimo!!!

Ainda assim...soube a pouco...deu para ver alguma coisa e para ter a certeza de que é uma Cidade para voltar...

Gostei muito de Paris e realmente é um Destino para se fazer a dois, mas também a quatro (uma vez que da próxima vez, levaremos as crias)!!

Gostei muito de Paris, mas não gostaria de lá viver, ao contrário de outras Cidades Europeias em que fico com a sensação de que seria Feliz nelas...por exemplo, Amesterdão...é coisa que não se explica...empatias...

Quando cheguei a Paris, e porque o nosso Hotel ficava a 5 minutos da Torre Eiffel, vi-a logo e ao contrário do que esperava...o impacto da primeira vista não foi assim tão espetacular (se calhar por estar tão habituada a vê-la em tudo o que é lado)...
...já os avistamentos posteriores tiveram todo um outro impacto.

Ficámos no Citadines Trocadéro Paris, perto do Metro e perto da Torre Eiffel. 
Não é de luxo, mas a qualidade / preço é razoável.

Torre Eiffel
À medida que se vai passando pela mesma, se vai observando toda a sua envolvente, a sua estrutura, arquitetura e iluminação...começamos a ficar deslumbrados.
Vimos a Torre a diferentes horas do dia e de várias perspetivas.
Não subimos à Torre, e não foi pelo preço das Entradas (se vamos a Paris, há que ir preparado €)...mas pelas filas enormes (mais de 2 horas em pé à espera).
Descobrimos que a melhor hora é ir logo antes da abertura às 9 da manhã (mas já não tivemos oportunidade para isso! Fica para a próxima).















Museu do Louvre
Cresci a ouvir a minha mãe a falar de Paris, mas principalmente do Louvre. Grande entusiasta de arte, auto didata e conhecedora, penso que a certa altura da sua vida, passou largos dias, nos corredores do Louvre, a estudar Arte.
Talvez por isso, foi com muito entusiasmo que entrei no Louvre.
Não sei quanto tempo é preciso para visitar todas as obras no Louvre, visto ser dos maiores do Mundo. Nós não tínhamos esse tempo, pelo que optámos por ir conhecer algumas alas...claro que fomos ver Mona Lisa de Leonard da Vinci e algumas obras de Vermeer.

 





 Andar nos corredores e alas do Louvre é uma emoção...às tantas deparei-me com esta obra...que achei muito interessante.

Retrata o combate de David e Golias.




O Museu fica no Palácio do Louvre e toda a sua envolvente é lindíssima. A entrada é feita por uma das Pirâmides de Vidro e Metal, as Pirâmides do Louvre.

Num dos passeios noturnos por Paris, acabámos entrar num Páteo interno do Palácio do Louvre...que Páteo, que vista...tudo lindo!

O Palácio e toda a sua envolvente é lindíssima tanto de dia, como de noite, quando está tudo iluminado. Uma noite andámos por ali, a passear, a apreciar e ele (claro) a tirar fotos!












Arco do Triunfo
Numa manhã, dirigimo-nos para a zona do Arco do Triunfo, para tomar o pequeno almoço com vista e croissants (são tão bons!!!!).
Comemos a olhar para o Arco do Triunfo e a sua envolvente.
Napoleão Bonaparte ordenou a sua construção para comemorar as vitórias militares, em 1806. No Arco do Triunfo estão gravadas centenas de nomes de Batalhas e Generais.
É uma obra imponente e cheia de pormenores (da antiguidade). Ainda cá em baixo, vale a pena reparar em todos os pormenores.
Tem cerca de 50 metros e toda a sua envolvente também impressiona. É no Arco do Triunfo que termina a famosa Avenida Champ Elysees.
A fila para entrar não era grande e decidimos subir ao Arco...Asneira!!!!...as escadas são íngremes e em caracol e são imensas...(descobri a iniciar a descida que há elevador para quem tem mobilidade reduzida...foi o que me valeu...para sair dali).
Mas chegados lá acima...é bonito e vale a pena, tem-se uma vista incrível de Paris.











Champ Elysées
Uma Avenida grande (cerca de 7 Quilómetros) que vai da Place de La Concorde ao Arco do Triunfo. Há quem diga que é das Avenidas mais bonitas do Mundo...não sei...
Mas sei que é toda uma emoção andar nesta Avenida, os cafés Parisienses, as lojas de Luxo, uma ou outra casa famosa por ali ter vivido algum artista.
Pareceu-me que é uma Avenida muito turística, mas tive a curiosidade de ir ver os preços do imobiliário por aqui: Encontrei um estúdio à venda por mais de 1 Milhão!!!
Sentámo-nos numa Esplanada Parisiense para disfrutar deste ambiente e beber um Café...nem me atrevo aqui a descrever a conta!!!! Mas há que disfrutar destes momentos e não chorar muito pelos €!!!
As lojas são todas elas lindíssimas e de marcas de Luxo.





Notre-Dame
Tive a oportunidade de ver a Notre-Dame de dia e de noite. Na primeira noite em que estivemos em Paris, andámos por ali...
Notre-Dame é das Catedrais mais antigas francesas em estilo gótico, do Século 12 e dedicada a Maria, Mãe de Jesus. Fica na pequena ilha em Paris e está rodeada pelo Rio Sena, o que torna também a sua envolvente bonita.
Enquanto o meu marido se dedicava a fotos (monta tripé, analisa luzes, ângulos...e ali fica largos minutos dedicado ao seu hobby), decidi entrar e visitar por dentro (não se paga).
A Notre-Dame é lindíssima por dentro e merece bem uma visita mais prolongada. Coisa que não fiz, quando me apercebi que estava a decorrer uma missa e uma homenagem a pessoas da igreja mortas nos vários atentados que têm vindo a ocorrer um pouco por todo o Mundo.
Falei com os meus divinos para ajudarem a Humanidade...observei o que consegui...e saí em respeito!
Noutro dia, durante um Sightseeing Tour saí para ver Notre-Dame de dia...as pessoas eram tantas, mas tantas...que não tive coragem de ir para a fila para entrar e limitei-me a ficar ali...numa ponte, a observar a Catedral, a apreciar toda a sua envolvente e a absorver todo aquele movimento à volta da Catedral! Tanta gente!!! Tão diferente!! E tantos Japoneses a ver a vida através das Câmaras dos seus dispositivos móveis...não as largam...vêm tudo através delas...





Tour Montparnasse
Tem 210 metros e é um observatório. Fomos, já era de Noite e realmente tem uma vista impressionante.
Esta foi uma obra contestada pelos Parisienses e destaca-se da restante arquitetura pela sua altura e modernidade.


Montmartre
A última manhã foi passada neste Bairro. 
Muito conhecido, não só porque por ali viveram Van Gogh, Picasso, Dali, Renoir entre outros, como também porque foi palco do filme “O Fabuloso Destino de Amélie”.
A primeira coisa que vimos foi o Moulin Rouge, o famoso cabaré Parisiense. Depois fomos subindo até à Basilica Sacré Coeur e começamos a perceber o antagonismo entre o Sagrado e Profano neste Bairro. 
Á frente da Basílica, consegue-se ter uma vista impressionante de Paris e nas suas escadarias, sentam-se centenas de pessoas a apreciar esta vista. Pode-se entrar na Basílica, mas mais uma vez a fila era tão grande que desistimos!!!
A seguir fomos andar pelo Bairro...cheio de vida, cafés, feira de artes, pessoas, teatros, museus...passeámos e comemos um crepe numa Creperie muito peculiar!



















Pontes e o Rio Sena
Sendo Paris banhada pelo Rio Sena, existem imensas pontes e delas tem-se vistas incríveis. Há imensos barcos de turismo para se poder disfrutar do Rio, não andamos em nenhum...ficará para a próxima.





Restaurantes
Comemos muito bem em Paris.
Assim que cheguei e cheia de fome fomos a um Restaurante perto do Hotel, e escolhemos o Menu do Dia (sempre mais barato): Moules con Frites_Mexilhões com batatas fritas. Nunca percebi o fascínio com esta iguaria (na Bélgica adoram). Os mexilhões são servidos ao vapor e acompanha com batatas fritas.
Neste Restaurante, os mexilhões estavam bons e as batatas eram caseiras e vinham com uma maionese espetacular.
Trata-se de um Bistrot – Chez Raymond.



Numa das noites decidimos ir jantar ao Bairro Latino. É neste Bairro que fica a Universidade Sorbonne.
Fomos comer um Fondue ao Restaurante La Luge, muito recomendado por Parisienses. Gostámos imenso do Fondue de Carne, do vinho Francês e do preço...sentimos alguma normalidade! Não foi excessivamente caro! Compensou bastante!!!

Daqui e no Metro, conseguimos vivenciar um “concerto” e toda a sua envolvente...dois músicos com as suas guitarras tocavam e cantavam e quem passava, ia ficando a dançar, a cantar...todo o tipo de pessoas...



No ultimo dia decidimos fazer um Sightseeing Tour, mais para perceber o que não tínhamos conseguido visitar. Tanta coisa!!!!

Fomos os dois de fim de semana, e claro que adorámos a dois visitar Paris, mas ficou-nos a sensação de pouco...é preciso mais tempo...a seu tempo lá iremos outra vez!!!!